Dá pra abrir uma empresa com pouco dinheiro? Como?

Dá pra abrir uma empresa com pouco dinheiro? Como?
by

Está sem dinheiro, parece difícil? A gente te ajuda! Veja abaixo dicas de como abrir uma empresa com pouco dinheiro:

O abandono de ideias de novos negócios e produtos devido à falta de verba para desenvolvê-los é uma realidade vivida por diversos empreendedores; muitos abrem mão de novas empreitadas por não disporem do dinheiro para um investimento inicial ou até mesmo por medo de comprometerem seu patrimônio em nome de um retorno ainda duvidoso. O que muita gente não sabe é que há formas de começar e desenvolver suas ideias sem precisar dispor de grandes quantias iniciais ou de investidores externos, ou seja, é possível abrir uma empresa com pouco dinheiro.

Primeiro, uma analogia:

Imagine que você quer cozinhar algo para o jantar. Para tal, você pode prosseguir de duas maneiras: em uma delas, você procura na internet uma receita que te agrade, vai ao supermercado comprar os ingredientes e então cozinha o prato escolhido. Na outra, você abre a sua geladeira e, a partir do que já tem disponível em casa, pensa em algo que possa cozinhar.

As duas situações acima descrevem conceitos conhecidos no estudo do empreendedorismo como Causation e Effectuation. Quando você escolhe a receita e vai ao supermercado, assim como quando você idealiza um negócio e então busca os meios físicos e financeiros de realizá-lo, o modo Causation está sendo exercido. Em contrapartida, quando você parte de meios – ou ingredientes – já existentes e pensa nos possíveis bons resultados que pode obter a partir deles, o modo Effectuation é utilizado. Para lidar melhor com as incertezas de um novo empreendimento, essa linha de pensamento é a escolha de muitos empreendedores que querem abrir uma empresa com pouco dinheiro.

No que se baseia o Effectuation?

No Effectuation, a ideia é aproveitar tudo que já está ao seu alcance para identificar uma oportunidade de negócio. Aptidões pessoais, contatos e networking, espaço físico: todos esses são exemplos de meios que podem ser explorados e é neles em que essa linha de pensamento é focada. A partir desses meios, busca-se então identificar diferentes possíveis resultados e, dentre eles, a melhor ideia na qual investir. A grande vantagem é que a utilização de recursos já disponíveis acarreta uma menor dependência de fatores externos e, portanto, minimiza os riscos para o empreendedor.

Mas afinal, como aplicar ao meu negócio para abrir uma empresa com pouco dinheiro?

Podemos definir quatro principais atitudes que se deve buscar ao aplicar o Effectuation ao seu negócio. São elas:

  • Foque nos recursos: conforme dito anteriormente, o importante aqui é saber utilizar tudo que lhe é disponível como pontos a seu favor; antes de traçar seu objetivo, explore seus conhecimentos prévios, aptidões, gostos pessoais, propriedades físicas e financeiras a fim de identificar, dentre os possíveis resultados, o objetivo mais provável de ser atingido com sucesso;
  • Projete suas perdas: uma forma de limitar seus riscos (essencial para quem não tem dinheiro sobrando) é entender o que pode ser perdido financeiramente a cada etapa do processo, em vez de se aventurar em busca de lucros em situações “tudo ou nada”. Procure projetar os cenários pessimistas de cada decisão tomada, a fim de evitar escolhas que possam gerar prejuízo. Assim, suas perdas são sustentáveis– dentro do que você pode suportar perder;
  • Forme parcerias:a formação de parcerias é um ponto-chave para o sucesso da maioria dos empreendimentos. Uma boa relação com fornecedores, um canal de comunicação efetivo com seu público alvo, o apoio emocional de familiares e amigos, a participação financeira de sócios e o feedback de consumidores sobre o seu produto são alguns exemplos que ajudam a embasar suas ideias e a garantir a solidez do seu negócio desde o início;
  • Faça do limão uma limonada: imprevistos são recorrentes no processo de estruturação de qualquer negócio. Portanto, ao se deparar com adversidades ou situações inesperadas, procure entender o que esse imprevisto pode te ensinar ou até mesmo impactar no seu negócio de forma positiva. Seu produto era destinado aos jovens, mas quando lançado fez mais sucesso entre pessoas com mais de 50 anos? Por que não abraçar esse imprevisto e mudar seu público alvo?
  • Fuja dos modelos de Planos de negócios prontos, modelos desse tipo sao extremamente danosos para seu empreendimento.

 

Vale frisar que ter um modelo de negócio bem estruturado é essencial para qualquer novo empreendimento. Definindo a sua proposta de valor, sua estrutura de custos e seu segmento de clientes, é muito mais fácil se posicionar no mercado de forma a alavancar suas chances de sucesso. Está na dúvida de como estruturar seu negócio? A gente pode te ajudar com esse artigo sobre canvas.

Por fim, tenha sempre em mente seu potencial a ser explorado e mantenha os olhos abertos para as oportunidades que podem surgir. Vale usar o seu talento na cozinha, a garagem da sua casa, o porta-malas do carro, a ajuda da sua irmã – todos são meios de começar uma história de sucesso. E você, que é apaixonado por pedalar e tem amigos que são fornecedores de materiais esportivos… Já pensou em abrir uma loja para ciclistas hoje?

Você gostou desse artigo sobre como abrir uma empresa com pouco dinheiro? Seu comentário é muito importante para que possamos produzir conteúdos cada vez mais relevantes e ricos, então não deixe de comentar com críticas, sugestões e elogios. Além disso, não deixe de se inscrever na nossa newsletter, assim podemos avisá-lo(a) sempre que tivermos um novo artigo do seu interesse sobre startups, empreendedorismo e histórias de quem abriu uma empresa sem grana. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *